|

Novas vagas

E hoje, finalmente, foi publicada a Lei 12.601/12 que cria 400 cargos de diplomata e 893 de oficial de chancelaria.

Para os diplomatas, aparentemente, já ficou devidamente regulamentado como será a distribuição das novas vagas. Para a carreira de oficial de chancelaria, acredito que será necessária uma regulamentação, por meio de decreto, para que a gente saiba quantas vagas irão para cada classe.

A carreira de ofchan é dividida em quatro classes, A, B, C e Especial. A Classe A é a classe inicial. Atualmente, a carreira prevê 400 vagas nessa classe. Devido a promoções, vacâncias e até aposentadorias, muitas dessas vagas estão livres.

Como o MRE pode ocupar essas vagas? Primeiro, não são muitas. Acredito que não cheguem 50. Ainda falta chamar 34 pessoas. Ou seja, devem sobrar cerca de 15 vagas.

Depois de chamar os excedentes, a única forma do MRE ocupar essas vagas será mediante novo concurso. Eles jamais fariam um novo concurso para chamar somente 15 pessoas, então as novas vagas, criadas pela lei que foi publicada hoje, servirão para que o MRE possa realizar seu novo concurso.

E quando vai ser isso? Bom, aí é outra história.

Primeiro, como eu já disse, é preciso que o MRE regulamente como será a distribuição das vagas. Não adiantaria nada jogar 893 vagas na Classe A quando não há o número correspondente de vagas nas classes seguintes. Assim, quando fosse a época das promoções, um monte de gente teria que continuar na Classe A por falta de vagas nas classes superiores.

A carreira inteira prevê a ocupação de mil vagas, sendo que, dessas mil, 400 ficam na classe A e o restante fica dividido entre as outras três classes. O MRE terá que fazer um estudo, se é que já não fez, para descobrir quantas vagas serão necessárias na classe inicial. Somente após isso, o MRE poderá pedir autorização para um novo concurso.

É bom lembrar que o MPOG, que autoriza os concursos, não costuma conceder aos órgãos a quantidade que eles pedem. Um órgão pede um concurso para 100 vagas, o MPOG concede para 80 ou menos. O MRE, de qualquer forma, não tem interesse em realizar um concurso para centenas de vagas. É bem provável que permaneça com o mesmo número do concurso anterior, ou até menos do que isso. Então podemos supor que um novo concurso seria para 100 vagas ou menos.

Tudo isso é pura especulação, vale lembrar. Saímos de um Governo que esteve no poder por 8 anos, e agora estamos em outra realidade. Então fica difícil dizer ou tentar adivinhar como o MPOG vai agir, se vai autorizar um concurso esse ano, se só vai permitir um concurso no ano que vem. Se vai autorizar o total de vagas que o MRE vier a pedir, ou se vai autorizar a metade.

O que eu quero dizer é que, a despeito da criação das vagas hoje publicada, não há qualquer informação ou certeza sobre um novo concurso.

O concurso de 2009 demonstrou o pensamento do MRE, que deve continuar o mesmo, e a intenção de ter em seus quadros pessoas com boa base em português e inglês. Sendo assim, aconselho a todos que quiserem tentar uma vaga para a carreira de oficial de chancelaria que estudem essas duas matérias.

Quando o novo concurso vier, não importa quando, vocês já estarão preparados.

Boa sorte!

 

 

 

 

 

 

105 Responses for “Novas vagas”

  1. claudia says:

    O concurso vence no dia 23 de junho e não tem nada a ver com a data da autorização ou publicação do edital, mas sim da homologação do resultado.

  2. eliana says:

    Oi Cláudia,

    Parabéns pelo site. Muito esclarecedor!

    Como nunca estudei para concursos antes, queria ter uma idéia de média de tempo de estudos necessária para este em particular. Você acha que é possível estudar poucas horas por dia enquanto mantem um trabalho de tempo integral? Neste caso, quantos meses ou anos seriam necessários para uma boa preparação? Ouço muito falar que são anos de estudo….

    Agradeço seu parecer para ter uma idéia mais realística das minhas chances. Morei muitos anos no exterior e inglês não seria problema, mas estou bastante desatualizada em questões do país.

    Abraço,

    Eliana

  3. claudia says:

    Não se deixe abater ouvindo as pessoas falando que são anos de estudo. Não são anos. Conheço gente que não estudou e já está lá trabalhando. Tem gente que estudou poucos meses e passou, tem que tenha estudado muito e acabou não passando.

    Depende de cada pessoa e do conhecimento acumulado que a pessoa tem.

    Seu inglês pode ser bom, mas veja técnicas de redação porque saber muito bem o inglês não significa que a pessoa saiba fazer uma boa redação.

    Vá estudando inglês e português e, quando sair o edital, você pode se concentrar nas outras matérias.

    Boa sorte!

  4. Patrícia says:

    Oi Cláudia, tudo bem?
    Estou estudando pra OFCHAN e acompanhando seu blog, que é um guia pra todos nós 🙂
    Como vc falou da redação, me lembrei de tirar uma dúvida: vc acha importante eu fazer um curso específico pra redação em Inglês? Porque sempre tive facilidade pra redação e já fiz curso de redação (em Português) pra concurso. Imagino que as técnicas pro Inglês sejam as mesmas, mas talvez seja importante um cursinho pra orientar, por exemplo, na questão de termos em Inglês que são clichês e as bancas não gostam, assim como a gente aprende nos cursos de redação em Português (dentre outras coisinhas). O que vc acha? Onde eu moro é muito difícil achar cursinho pra redação em Inglês, e o que eu vi online é caríssimo, por isso fico na dúvida se vale a pena.
    Obrigada e um abraço!

  5. claudia says:

    Redação de inglês é muito diferente da redação de português.

    Seria bom você procurasse alguém que corrigisse suas redações.

  6. Joao Paulo says:

    Olá Cláudia.

    Vc poderia indicar,se possível, algum livro ou material apropriado para redações em inglês. Estou buscando conhecer melhor as técnicas de redação em inglês e os modelos que foram/têm sido mais bem pontuados pelos examinadores. Sabes me informar também onde acharia os temas das provas de redação de inglês dos concursos anteriores de Ofchan?
    Parabéns pela iniciativa!
    Obrigado

  7. claudia says:

    Eu não conheço nenhum material, mas acredito que a leitura de textos em inglês ajude bastante.

    Quanto aos temas dos concursos anteriores, não sei onde você poderia encontra-los, sorry.

  8. Nando Esposito says:

    Nomeação ‘JÁ’ dos excedentes do último concurso para a elaboração concomitante do novo concurso.. Bora trabalhar Brasil?? Bora??

  9. claudia says:

    Melhor comentário ever!

  10. Nando Esposito says:

    Apesar das desavenças nos posts anteriores torço por vc e pelos outros pór merecimento. Nomeações pra ontem. Concurso pra hj. É inadmissível com lei aprovada, concurso vencendo.. etc etc etc..nada acontecer. Não tem desculpa. Não tem justificativa. Absurdo. Nomeação ‘Já!!!.. Concurso Já!! As coisas nesse país precisam andar..Meu Deus..que país é esse!!

  11. claudia says:

    Nando, a questão nem é tanto a justiça em relação aos aprovados, mas em relação ao próprio dinheiro público gasto e a ser gasto por conta disso.

    Todos fizemos o curso de formação e recebemos a ajuda de custo referente ao curso. E lá se foram centenas de milhares de reais investidos. Demorar tanto tempo para chamar os excedentes quando o órgão não se cansa de pedir, de afirmar que precisa de pessoal, é prejudicar a própria Administração.

    Não há, como você disse, desculpa pra essa inércia. É um absurdo que um órgão tenha orçamento, tenha necessidade de pessoal, tenha as vagas disponíveis, e tenha os candidatos aprovados, que fizeram o CF, na fila, aguardando o momento para trabalhar e, mesmo assim, não consegue obter a autorização sequer para chamar as pessoas para substituírem as vacâncias ocorridas recentemente.

    É bom que vocês, que vão estar na lista de aprovados do próximo concurso, vejam como funcionam as coisas para o futuro servidor público nesse Governo.

  12. Nando Esposito says:

    Nada justifica a demora. Nada justifica a leniência. Entendo tudo isso. Se fosse um país sério deveria ser uma políitica de Estado, não de governo. Concursos automáticos de 2 em 2 anos, para suprir as vacâncias e os novos cargos que por ventura forem criados.

    Conte comigo para assinar qualquer coisa, caso façam, petição publica..sei lá..sei que não adianta muito mas, talvez um pouco de cada um..de qualquer forma, continuo na torcida pelas nomeações.

  13. claudia says:

    Obrigada pelo apoio, Nando.

    Vamos ver se, agora que saiu o Funpresp, eles resolvam logo soltar essa autorização.

  14. Nando Esposito says:

    hum..Fumpresp..seria bom se fosse verdade. Já é um caminho, mas o fundo só começará a desafogar o rombo daqui a algum tempo, pois o Governo tambem contribui e o efeito virá no longo prazo.

    De qualquer forma, vc já deve estar sabendo. Há uma decisão recentíssima de um julgado no STJ que dá ganho de causa pra vcs. Grande vitória. Vai dar certo. A torcida continua.

    “O STJ alterou sua jurisprudência e passou a entender que os candidatos que se enquadram no chamado “cadastro reserva” de concurso público devem ser convocados para assumir o cargo no caso de vacância ou abertura de novas vagas.

    Até então, quando alguém ficava no cadastro reserva, o STJ entendia que caberia à administração do órgão que fez o concurso decidir se empregaria ou não o candidato.

    Em julgamento realizado no dia 18 de dezembro, que teve sua decisão publicada recentemente, o STJ passou a entender o contrário: se existe o cadastro reserva ele tem de seu usado.

    Assim, no caso da criação de novos cargos através de projetos de lei, ou de vacância devido a exoneração, demissão, aposentadoria ou morte do servidor, o Poder Público fica obrigado a chamar o candidato mais bem posicionado no cadastro reserva.

    Por Lauro Jardim no veja on-line.”

  15. Cleber says:

    Somente para entendimento do caso que foi para o STJ, segue o link do STJ.

    “http://www.stj.jus.br/portal_stj/publicacao/engine.wsp?tmp.area=398&tmp.texto=108385”.

    Também foi notícia na rádio Justiça: “http://www.stj.jus.br/portal_stj/publicacao/engine.wsp?tmp.area=398&tmp.texto=108400”

  16. luciene says:

    Prezada Claudia,

    Tomo seu blog como meio de divulgar o curso de redação do professor Shaun a todos os colegas que como eu estão estudando para o próximo concurso de ofchan.

    Pessoal de BRASILIA,
    Tenho uma excelente notícia. Propus ao professor Shaun curso de redação específico para o concurso de OFCHAN. Para quem não o conhece, ele é professor de inglês no instituto rio branco para os diplomatas. Ele tem formação para lecionar e é britânico. As aulas serão aos sábados (14h30 as 16h30). Eu fiz e adorei o curso online dele. É uma ótima opção para quem não mora em Brasilia. Para fechar a primeira turma será necessário o mínimo de 04 alunos no máximo 08 alunos por turma. Se alguém de Brasilia estiver motivado, assim como eu, me escreva – luotca@gmail.com

  17. Nando Costa-Esposito says:

    Olá Cláudia,

    Só mais uma perguntinha simples, prometo não importuná-la mais..Te disse que resolvi a prova que vcs fizeram do último certame. Especificamente à prova de Português, confesso que antes de confirmar com o gabarito, fiquei com a impressão que tinha ido mal..mas muito mal..Conferindo com o gabarito ainda consegui a façanha de acertar quase 70%..mas das duas, uma: Ou preciso estudar mais Português..ou a prova estava realmente muito f**, ou pra ser mais educado, nebulosa ou de difícil transposição.

    A pergunta é bem simples; Se vc se lembra quando saiu … qual foi a sua impressão da prova de Português?? Pensou que tinha ido bem ou mal? Pode parecer banal, mas é importante para eu já ir me acostumando quando do próximo..ou seja..sair meio atonito mas com a leve esperança de acertos no dia da divulgação do gabarito.

    Espero não importuná-la mais com assuntos chatos como este. Obrigado.

  18. claudia says:

    Não tem problema me perguntar. Até gosto de falar da prova.

    Eu sou ruim em análise sintática e gramática. Durante o cursinho, houve muita ênfase na gramática porque a banca, FCC, costumava arrancar o couro do povo nessa matéria. Quando eu abri a prova e vi que não havia nenhuma questão de gramática, somente de interpretação de texto, fiquei muito aliviada.

    Durante o cursinho, nas aulas de interpretação de texto, o professor deu algumas dicas que foram ótimas durante a prova. Isso me deixou bem mais tranquila. Na saída, todo mundo estava muito cansado. Foram quatro horas de prova e, sendo a de português de interpretação de texto, não havia como discutir se a questão 1 tinha a resposta correta na letra D, por exemplo.

    Na saída, muitas pessoas estavam, além de cansadas, perdidas, sem saber se tinham ido bem ou não. Assim, eu também fiquei na dúvida. Não tinha como eu checar as respostas, por exemplo.

    Só quando o pessoal começou a postar os próprios gabaritos no forum do CorreioWeb é que eu tive uma ideia de como tinha me saído, mas foi uma coisa meio empírica, seguindo o que não mais que 50 pessoas tinham postado. Só mesmo quando saiu o gabarito definitivo é que deu pra saber se havia chance de corrigirem minha redação ou não.

    Ou seja, respondendo a sua pergunta, assim que eu terminei a prova não havia como saber se eu tinha conseguido acertar questões suficientes pra passar.

    Além disso, ainda havia a questão do cálculo das notas. Não dava pra saber quantas questões certas deveriam haver para a aprovação porque isso dependia da média. Ao final, eu acertei 22 de português e 22 de inglês. Não fui bem nas outras matérias. Acertei só 18 de 30. Se tivesse acertado um pouco mais, estaria já lá dentro. Em compensação, se tivesse acertado um pouco menos nem teria a redação corrigida.

  19. Nando Costa-Esposito says:

    Putz..muito obrigado..incomensurável sua disposição em ajudar..sou meio calouro em concursos dessas bancas ESAF, CESPE, FCC (acho que são as principais, né)..mas tenho notado em provas anteriores que fa~ço como treino que as bancas seguem uma certa lógica., tipo algumas vão mais em uma linha e sucessivamente..

    Era exatamente isso que eu precisava. Exatamente o testemunho que vc me deu.

    Grande abraço e a torcida continua, pois, depois da prova não sobra dúvida de que vc é mais do que merecedora da vaga. Abraço.

  20. claudia says:

    Que bom que te ajudei.

    Quando sair a autorização e o nome da banca, você vai encontrar mais informações sobre como cada uma delas funciona.

    Por exemplo, quando eu estava fazendo o cursinho, todo mundo sabia que a FCC gostava muito de gramática. Mas houve uma mudança na banca, à época. É que grande parte dos elementos da banca saíram do CESPE e foram pra FCC, ou seja, o cursinho previu que poderia haver muitas questões de interpretação de texto, que o CESPE adora, e por isso introduziu a matéria.

  21. Joao Paulo says:

    Cara Luciene.

    Eu vi seu post a respeito do curso de inglês e me interessei pelo curso online do prof.Shaun.Pois nao moro em Brasília e aqui na minha cidade esse tipo de curso é uma raridade. Tentei achar pelo google alguma coisa e não obtive sucesso. Poderia, por gentileza, informar onde adquiro o curso online de inglês do referido professor??

  22. eliana says:

    Olá Claudia,

    Obrigada pelas dicas anteriores de redação de inglês.

    Estive pensando em fazer um curso presencial. Você ou alguém que participa deste forum saberia indicar um curso bom em Curitiba? Mesmo que não seja específico para Ofchan, mas que cubra as matérias principais do concurso , creio que já seria um começo. Como fiquei muitos anos fora do país, não tenho idéia de quais são os cursos bons e agradeço uma dica.

    Obrigada e parabéns!

    Eliana

  23. claudia says:

    Não conheço nada de Curitiba, sorry.

  24. Nando Costa-Esposito says:

    Ola, Cláudia, vi na FD on-line que o edital para o novo concurso de diplomata está quase pronto. Salvo engano a carreira de diplomata mantem o prazo milimétricamente para o devido provimento..

    Eita carguinho desprestigiado esse viu..nunca vi igual .. rsrs abraços.

  25. Nando Costa-Esposito says:

    Ops..burro.. agora que vi o lead do post.. Correto, a carreira de diplomata já está devidamente regulamentada quanto a distribuição de novas vagas. Apologize for my fault to you whatsoever..cheers

  26. claudia says:

    Sem problema. De qualquer forma, a carreira de diplomata é bem mais prestigiada do que a de ofchan, sem dúvida.

  27. Maria says:

    Só respondendo ao Nando, eu conheço um of chan que está aqui em bsb, e eu estou ouvindo essa história de que o edital está quase pronto desde junho de 2012. Então, esse é o concurso que eu só acredito quando sair o edital ahahahaha

  28. Isabela says:

    Olá pessoal, pra quem ainda não viu a notícia deem uma olhada no link abaixo. É sobre assédio moral no MRE, acontecimento super corriqueiro, que qualquer conhecido que trabalhe lá terá o prazer ou desprazer de relatar se questionado. Acho que é importante para qualquer um interessado na carreira estar ciente dos fatos.
    Aprovetem também para assinar o abaixo-assinado (segundo link) direcionado ao Embaixador Antonio Patriota, feito pelos próprios funcionários do Itamaraty contra o assédio moral no MRE, não deixem de ler os relatos medonhos feitos pelos funcionários.

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/02/servidores-do-itamaraty-protestam-contra-assedio-moral.html

    http://www.abaixoassinado.org/assinaturas/abaixoassinado/10639

  29. Nando Costa-Esposito says:

    Boa Maria..esse é o edital mais mandrake da história do funcionalismo público mundial. Ou os ofchans são completamente desncessários..ou diplomatas trabalham round the clock..com 3 jornadas e acumulo de funções..

    Não regulamentaram nem a nova lei!!.. é muito desleixo..Fica tranquila Maria, logo logo estaremos comemorando o Jubileu de Ouro edital~ício e vc já é minha convidada..

  30. "Sabine" says:

    Sobre a notícia de assédio moral: eu, como muitos outros aqui, trabalho em um Ministério, e vejo assédio moral todos os dias, principalmente por parte de diretores, coordenadores e afins que são indicados políticos. Até acredito que no MRE possa ser pior (por coisas que a gente ouve por aí), mas por um lado a notícia me parece boa: as pessoas estão fazendo algo a respeito. No órgão onde trabalho, não se vê esse tipo de mobilização (apesar de que tenho fé de que isso está mudando).

    Quando formos ofchans, espero que fiquemos todos unidos para continuar esse trabalho.

  31. Isabela says:

    Sabine, concordo totalmente com você, postei a notícia não para desanimar os que sonham com essa carreia, mas para já incitar em todos o desejo de mudança. Espero que, ao entrarmos no Itamaraty cientes dos problemas de assédio moral, o conformismo não seja nossa ”weapon of choice” para lidar com ele.

  32. "Sabine" says:

    Isabela, ótima iniciativa de postar a notícia, também concordo com você 🙂

  33. Nando Costa-Esposito says:

    aí ó..claudinha..novo orçamento, novo Papa, espero que a sua nomeção saia e vc seja feliz..Força!

  34. claudia says:

    É mesmo, Papa novo, vida nova:)

    Obrigada, Nando!

  35. claudia says:

    É verdade, o MRE tem seus truques na manga.

  36. igor says:

    Tomara que vençam, pq o mpog deixar esse concurso em modo de espera ta…. cansando.

  37. Patrícia says:

    Se tá levando esse tempo todo pra liberarem quem foi aprovado e já fez curso de formação, tenho medo de quanto tempo levará para autorizarem o novo concurso. Palhaçada.

  38. Patrícia says:

    Claudia, acho que os concursos pra Ofchan não costumam exigir títulos, correto?

  39. claudia says:

    O último não pediu. Acho que, normalmente, não pedem.

  40. Gustavo says:

    O pedido do novo concurso foi feito recentemente, mas só de saber que precisam autorizar a convocação dos aprovados do último concurso e que a autorização de uma nova seleção leva bastante tempo, é melhor ficarmos com as barbas de molho.

    http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=294448&ProtNumProtocolo=5100001842201305

    A PRF fez um pedido em junho do ano passado e parece que só agora vai ser autorizado o concurso…

  41. igor says:

    O MRE pelo visto aprendeu alguma coisa com esse chá de cadeira todo;está pedindo pra poder ele “se auto autorizar-se a si proprio” novos concursos para ofchan, sem passar pelo MPOG

    http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=294448&ProtNumProtocolo=5100001842201305

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Decreto/D6944.htm

  42. Nando Costa-Esposito says:

    É a prova inconteste que o Orçamento autorizativo é uma farsa, pihéria de país bananeiro. O governo só se empurra com seus restos a pagar. Sergio Cabral já aprendeu isso antes, pois, ele só chora e blefa. Aí, consegue o que quer. È assim nesse país. Eu também sigo a mesma receita. Só choro. Só falta blefar.

    Quanto ao próximo concurso há rumores que cairá noções do Estatuto do Idoso, com direito a exame de toque, esteoporose, Alzheimer e carteira de isento pra pegar onibus de graça.

    Enquanto isso continuamos na torcida pela Claudinha que merece a vaga!!

  43. eliana says:

    Olá,

    Alguém saberia me dizer quais são as instituições realmente boas que oferecem cursos preparatórios para concursos? Se puderem me dar uma dica, eu posso ver se tem filial em Curitiba. Voltei recentemente para o país e estou muito por fora de quais são as escolas de cursinho realmente confiáveis. Mesmo que não seja específico para Ofchan, imagino que várias disciplinas são as mesmas para muitos concursos, não? Já seria um caminho para começar a estudar.

    Muito obrigada.

    Cláudia, parabéns por disseminar informação e conhecimento!! É muito reconfortante a sua atitude. Voltei para o Brasil depois de 15 anos fora do país e ainda me choco com o egoísmo no trânsito, o querer levar em vantagem em tudo… que achei que já havia morrido. O seu blog é um bálsamo ao ver que ainda existem pessoas que são generosas e gostam de compartilhar o conhecimento.

    Um abraço,

    Eliana

  44. Cleber says:

    Claudia,
    Realmente você está de parabéns, foi através do seu blog que descobri algumas coisas.

    Ainda confirmo o que Nando disse: Você mereceu a vaga. Fui fazer algumas questões da prova de 2009, achei ela bem esquisita. Isso significa que você estudou e muito.

  45. Nivaldo says:

    Oi, Luciene. Acerca do professor Shaun, vc disse que já fez o curso online dele, gostou e que agora ia fazer o presencial, de redação. Isso significa que o curso online dele de Ingês pra Ofchan não engloba redação?
    Eu não tenho como fazer presencial, por isso me interesso pelo online, mas meu interesse é apenas na parte de redação em Inglês, por isso a pergunta. O curso online tem esse foco?
    Muito obrigado!

  46. Nando Costa-Esposito says:

    Oi Claudinha, vi que o Patriota participou de uma audiência pública na CRE do Senado, hj. Alguma novidade?? Continuo na torcida..

  47. claudia says:

    Ele foi por causa da questão do assédio moral. Não sei se algo foi mencionado sobre o concurso. Obrigada pelo apoio, Nando.

Leave a Reply