|

Novas vagas

E hoje, finalmente, foi publicada a Lei 12.601/12 que cria 400 cargos de diplomata e 893 de oficial de chancelaria.

Para os diplomatas, aparentemente, já ficou devidamente regulamentado como será a distribuição das novas vagas. Para a carreira de oficial de chancelaria, acredito que será necessária uma regulamentação, por meio de decreto, para que a gente saiba quantas vagas irão para cada classe.

A carreira de ofchan é dividida em quatro classes, A, B, C e Especial. A Classe A é a classe inicial. Atualmente, a carreira prevê 400 vagas nessa classe. Devido a promoções, vacâncias e até aposentadorias, muitas dessas vagas estão livres.

Como o MRE pode ocupar essas vagas? Primeiro, não são muitas. Acredito que não cheguem 50. Ainda falta chamar 34 pessoas. Ou seja, devem sobrar cerca de 15 vagas.

Depois de chamar os excedentes, a única forma do MRE ocupar essas vagas será mediante novo concurso. Eles jamais fariam um novo concurso para chamar somente 15 pessoas, então as novas vagas, criadas pela lei que foi publicada hoje, servirão para que o MRE possa realizar seu novo concurso.

E quando vai ser isso? Bom, aí é outra história.

Primeiro, como eu já disse, é preciso que o MRE regulamente como será a distribuição das vagas. Não adiantaria nada jogar 893 vagas na Classe A quando não há o número correspondente de vagas nas classes seguintes. Assim, quando fosse a época das promoções, um monte de gente teria que continuar na Classe A por falta de vagas nas classes superiores.

A carreira inteira prevê a ocupação de mil vagas, sendo que, dessas mil, 400 ficam na classe A e o restante fica dividido entre as outras três classes. O MRE terá que fazer um estudo, se é que já não fez, para descobrir quantas vagas serão necessárias na classe inicial. Somente após isso, o MRE poderá pedir autorização para um novo concurso.

É bom lembrar que o MPOG, que autoriza os concursos, não costuma conceder aos órgãos a quantidade que eles pedem. Um órgão pede um concurso para 100 vagas, o MPOG concede para 80 ou menos. O MRE, de qualquer forma, não tem interesse em realizar um concurso para centenas de vagas. É bem provável que permaneça com o mesmo número do concurso anterior, ou até menos do que isso. Então podemos supor que um novo concurso seria para 100 vagas ou menos.

Tudo isso é pura especulação, vale lembrar. Saímos de um Governo que esteve no poder por 8 anos, e agora estamos em outra realidade. Então fica difícil dizer ou tentar adivinhar como o MPOG vai agir, se vai autorizar um concurso esse ano, se só vai permitir um concurso no ano que vem. Se vai autorizar o total de vagas que o MRE vier a pedir, ou se vai autorizar a metade.

O que eu quero dizer é que, a despeito da criação das vagas hoje publicada, não há qualquer informação ou certeza sobre um novo concurso.

O concurso de 2009 demonstrou o pensamento do MRE, que deve continuar o mesmo, e a intenção de ter em seus quadros pessoas com boa base em português e inglês. Sendo assim, aconselho a todos que quiserem tentar uma vaga para a carreira de oficial de chancelaria que estudem essas duas matérias.

Quando o novo concurso vier, não importa quando, vocês já estarão preparados.

Boa sorte!

 

 

 

 

 

 

105 Responses for “Novas vagas”

  1. igor says:

    tem uma pagina no facebook do pessoal do concurso pra carreira diplomatica (esqueci o nome)… la teve um comentario dizendo q o patriota deu uma desculpa “quiabo molhado no sabonete’ pro concurso de diplomata. Falou que o processo de autorização do concurso de diplomata ta no mpog… o edital sai em breve…mas nao deu data, prazo, mes, nada concreto

    resumo da opera: ta na hora de cobrar dos nossos deputados/senadores alguma atitude, pq se a gente deixar por conta da inércia, nao sai tao cedo…tem que pressionar.

  2. F. Sabini-Esposito says:

    Claudia, finalmente veio a autorização pra 60 vagas..O que achou? Alguma previsão do Edital? Espero quê venha o Cespe..Lembra da ultima da FCC e sua provinha de Português? Roleta Russa..total ..Manda notícias!!

  3. Isabela says:

    Olá, Cláudia! Com a portaria publicada ontem, um novo concurso parece estar mais próximo… Alguma previsão/ palpite/ whatever? 🙂

  4. claudia says:

    Oi

    Olha, pela portaria, o MRE tem um prazo de 6 meses pra lançar o edital. Vamos torcer pra isso acontecer logo 🙂

  5. Isabela says:

    Sim, se bem que talvez nem tanto… andei meio largada nos estudos ultimamente hehehehe Agora não tem mais desculpa pra enrolar! Espero logo ser sua “caloura” no MRE 🙂

Leave a Reply