|

Será que esse concurso anda?

Em 2009, o MRE convocou 150 aprovados no concurso para o cargo de
Oficial de Chancelaria. Desde então, já solicitou formalmente ao MPOG,
por três vezes, a autorização para chamar mais 75 candidatos.

O MPOG não se manifesta a respeito. Apenas continua liberando
autorizações de provimento para seus próprios concursos.

O MRE pediu o aumento de vagas (PL 7579/10) mas, mesmo que o PL seja
aprovado, não poderá realizar um novo concurso até 2013, a não ser que
convoquem os excedentes antes desse prazo.

As vagas na Classe A existem. São 84 vagas livres.

O orçamento prevê as contratações.

Todos os candidatos aprovados, inclusive os excedentes, já fizeram o
Curso de Formação.

Devido às remoções, as contratações não causam impacto na folha de
pagamento no Brasil.

O MRE tem necessidade de novos servidores.

No momento, existem quase dois diplomatas para cada oficial de chancelaria.

O que mais a gente pode fazer? Divulgar o texto, mandar pra Deus, o mundo, e mais três pessoas.

Como eu digo, segundo a teoria dos seis graus de separação, em uma semana a Dilma recebe o email na casa dela.

 

 

51 Responses for “Será que esse concurso anda?”

  1. Angelo says:

    aprovado por unanimidade na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP ). estamos cada vez mais próximos =)

  2. Fernando says:

    Olá Claudia. Faço parte dos 75… Gostaria de dizer que também sou morador de Brasília e que estou pronto para participar em todo e qualquer movimento que vise concretizar nossa nomeação. Caso exista algo que eu possa fazer para ajudar entre em contato o quanto antes.
    Grato.

  3. leonardo alves says:

    No último concurso algumas pessoas que não passaram e que contraditoriamente antes alegavam a falta de pessoal vieram falar – Não sei onde vão meter tanta gente ! Pelo que eu sei a necessidade é concreta pela constante vacância e abertura de novas representações no exterior.
    Alguns ofchans em países africanos não podem ter a famosa licença para viajar para o Brasil, devido a falta de pessoal . Muitas vezes vejo pessoas que já passaram ou que não passaram falarem que não precisa de mais gente…
    Planto aqui a pergunta: Que tipo de gente é essa? Será que precisamos disso? Vibro pelos que passaram e continuo vibrando por aqueles que querem prestar concurso para a carreira … abs

  4. claudia says:

    Oi Leonardo,

    Obrigada pelo apoio. Vai ter sempre alguém com pensamento negativo, não tem jeito. Eu tenho certeza que o MRE precisa de gente. Quando o pedido para a realização do concurso foi feito, ainda em 2008, o MRE já precisava de mais gente. Desde então, só tem crescido o número de representações no exterior, assim como a política externa brasileira se tornou ainda mais atuante. Atualmente, somente na Classe A, existem 110 vagas livres. Quando fizemos o concurso, eram somente 25. Quando o concurso foi feito, havia cerca de 2 ofchans por diplomata. Hoje temos 1 diplomata para cada administrativo. Dois diplomatas para cada ofchan.

    Todo ano tem um novo concurso para diplomata, mas desde 2007 que não é feito um concurso para achan, e desde 2008 não é aberto um concurso para ofchan.

    O Governo pode estar disposto a pagar um alto salário para um diplomata para que ele realize tarefas administrativas, mas é preciso saber se os futuros diplomatas estão dispostos a se preparar durante anos, fazer uma prova muito difícil, para, ao final, ser obrigado a realizar tarefas administrativas.

    Se sim, então, talvez não o MRE não precise de mais gente. De qualquer forma, a decisão de chamar ou não os excedentes não cabe a essas pessoas. Deixe que falem 🙂

  5. Luciana says:

    Olá Claudia! Por acaso você sabe quantos foram os concursos para Ofchan até agora, em quais anos e qual foi a respectiva organizadora? Só sei dos realizados pela FCC em 2008 e pelo Cespe em 2006. Desde já agradeço!

  6. claudia says:

    Luciana, acho que houve um em 2002 organizado pela ESAF. Antes disso, não sei mais.

  7. Giselle says:

    Oi Luciana! De 2002 ate agora foram realizados 4 concursos, a saber: 2002 (ESAF), 2004 (ESAF), 2006 (CESPE/UNB), 2008 (Fundaçao Carlos Chagas). Desde o ano de 2008 nao organizaram outro concurso e ja se passaram 3 anos do ultimo concurso. Como se percebe, o concurso era realizado a cada 2 anos. Talvez se esta aproximando de um novo concurso, pois quando o PL 7579 for aprovado (esta em andamento), consequentemente havera um novo concurso.

  8. Carlos Henrique says:

    Saiu uma notícia boa no Correio Braziliense (Concursos) sobre nomeação dos oficiais de chancelaria. Quem está nessa turma, BOA SORTE!!!!!!!!

  9. Angelo says:

    nao encontrei tal notícia, seria possível passares o link, Carlos?

  10. Angelo says:

    Obrigado, Igor. Pena que foram apenas sete…

  11. claudia says:

    O concurso foi pra Brasília.

  12. Fábio says:

    Fui informado que não há mais previsão para o concurso para 2012.
    É só se informar no site do MRE.

  13. claudia says:

    Fábio, o assunto do post é o concurso de 2009, que ainda tem aprovados na fila. É só dar uma lidinha no blog.

  14. annie says:

    oi fábio, aonde você viu isso? tem algum link?
    procurei no site do mre e não encontrei nada … se puder posta pra gente, obrigada.

  15. Danilo says:

    45 convocados!

  16. jonas says:

    Ola Claudia, primeiro gostaria de agradecer pela sua boa vontade em dividir suas informacoes com todos aqui do blog.
    Gostaria de perguntar se voce ou alguem sabe se os oficiais de chancelaria tem obrigatoriamente que trabalhar fora do pais ou se eles podem trabalhar apenas aqui no brasil mesmo.
    Obrigado

  17. claudia says:

    A carreira é toda programada para o exterior, o que significa que, caso nunca saia em remoção, a pessoa não vai chegar ao topo da carreira.

    Como o salário não é dos mais altos, e sendo o atrativo da carreira justamente as missões no exterior, não faz muito sentido nunca ir para fora.

    Mas, respondendo a sua pergunta, ninguém é obrigado a sair do País.

  18. Angelo says:

    Cláudia, vi “uma Cláudia” dentre os últimos nomeados, é você?

  19. claudia says:

    Que nada. Ainda faltam um pouquinho pra chegar em mim. Não pode ser tão fácil assim 🙂

  20. Lizete Oliveira says:

    claudia, vc ja foi chamada?

  21. claudia says:

    Ainda não, mas falta pouquinho 🙂

  22. Lizete Oliveira says:

    tomara q seja logo.

  23. Angelo says:

    “nossa” lei já está na pauta do dia!

  24. claudia says:

    Agora vai, né?

  25. Vanessa says:

    Desculpem a ignorância, mas no site do Senado diz: “09/02/2012 – AGUARDANDO INCLUSÃO ORDEM DO DIA”. Onde vcs viram que a “nossa” PL já está na pauta do dia?

  26. claudia says:

    O pessoal que está acompanhando, pessoalmente, o andamento do PL, diz que na terça feira já vai ser votado e deve ir pra sanção ainda esse semana.

  27. Oi cláudia tudo bem. Vc teria alguma redação em inglês do material do curso que vc fez. Caso vc tenha por favor me mande por email. pra da uma estudada. Estou torcendo muito por vc e tomara que essa PL saia logo. Abraços.

  28. igor says:

    parece que esvaziaram as comissões da câmara e do senado pra postegar uma possivel convocação do ministro Guido Mântega, para ele explicar porque não demitiu o presidente da casa da moeda…

  29. Angelo says:

    agendado para o dia 07/03 =)

  30. Rodrigo says:

    Foi aprovada a lei no senado!! Vai agora pra sanção…

  31. Rogerio says:

    quanto tempo ate o proximo concurso podemos arriscar?

  32. claudia says:

    Só é possível especular sobre isso após a convocação dos excedentes do concurso anterior.

  33. Rodrigo says:

    Faltam quantos excedentes do último concurso para serem chamados?

  34. claudia says:

    Cerca de 35.

  35. igor says:

    Se em algum despacho no PL (ou sei la onde )falava em preecher 120 vagas por ano, entao da pra arriscar concurso em 2012 com 85 vagas?

  36. claudia says:

    Na exposição de motivos do PL havia algo sobre a oferta de 125 vagas por ano. Mas isso é uma exposição de motivos e não uma lei. Na nova lei não vai constar número de vagas. Isso depende de diversos fatores, tais como necessidade do órgão, orçamento, autorização do MPOG. Enfim, é impossível saber quantas vagas serão oferecidas no próximo concurso, assim como é impossível saber se haverá um concurso ainda esse ano.

    O ideal é continuar estudando as matérias básicas que caem em todos os concursos. Assim, quando sair o edital, a pessoa já vai estar bem preparada.

  37. overmatik says:

    No site da ASOF tem todas as provas: http://www.asof.org.br/carreira.php?cod=89

  38. Eliane says:

    Oi, Claudia, Tudo bem? Vc, que acompanha de perto, tem novidades sobre o concurso de OfChan? Alguma possibilidade deles chamarem os últimos da lista até o meio do ano? Pelo que sei, eles estão aguardando autorização do MPOG, mas falta uma forcinha do MRE, não? A MPOG disse outro dia que todos aprovados em concursos seriam chamados…

  39. claudia says:

    Não existe nenhuma informação sobre um novo concurso. É preciso que o MRE chame os excedentes do concurso anterior, e que regulamente as vagas criadas recentemente.

    Como isso ainda não foi feito, e como será preciso ainda uma autorização do MPOG para um novo concurso, é impossível prever quando haverá um novo edital.

    A Ministra prometeu que todos os aprovados serão chamados, mas dentro da validade. Ou seja, em tese, até junho de 2013 todos os excedentes serão chamados.

  40. L. says:

    Claudia, faltam quantos para serem chamados?

  41. claudia says:

    Faltam somente 34 pessoas.

  42. Cristiane says:

    Você acha que aqueles que foram aprovados mas não fizeram o curso podem ser convocados?

  43. claudia says:

    Duvido muito que isso ocorra. Acho que se fosse lá no início do concurso, talvez até viesse a ser discutido isso, mas agora, faltando um ano pra acabar a validade, tendo sido criadas novas vagas, e ainda com gente na fila, o MRE não vai se desgastar pra fazer um novo CF.

    Mas essa é a minha opinião.

  44. Alexandre says:

    Olá, estou muito interessado pela carreira. Estou terminando a graduação este ano, a priori, pois como estudo em universidade federal também estou de greve por tempo indeterminado. Gostaria de saber se vale desde já fazer um cursinho preparatório específico pra OFCHAN, e no que diz respeito ao próximo concurso, há fortes indícios de que não aconteça até a metade de 2013? Obrigado, boa sorte Cláudia!

  45. claudia says:

    Um novo concurso depende da convocação dos excedentes do concurso anterior, cuja validade termina em junho de 2013. Pode ser que saia antes, mas ainda não dá pra saber.

    Quanto a fazer um curso preparatório, é complicado dar algum conselho. De qualquer forma, estudar nunca é ruim, o que vc aprende fica pra você e pode ser utilizado em outros concursos.

  46. Ane says:

    Li uma matéria na revista ‘isto é’ que nos ajuda a entender o conflito “chamar ou não chamar os excedentes” . Quando estamos “de fora” julgamos ser um desperdício a criação de vagas públicas e assim, a impressa assim noticiou :
    http://www.istoe.com.br/reportagens/paginar/93266_BANQUETE+DE+CARGOS/1

Leave a Reply