|

Boatos se casam, e têm um filho

Aconteceu essa semana. Os boatos vinham se encontrando há algum tempo. Um dizia que o MRE não tinha vagas suficientes pra chamar os 75. Que boato pessimista, bobo, feio e chato. Depois veio outro boato, mais calmo e otimista, dizendo que o MRE não tem, de fato, as vagas, mas pode criar, vejam só.

E mais, que está até pensando em criar umas vagas pra uma nova categoria. O boato anterior se sentiu humilhado e se mudou pra outro país chamado, vamos dizer, Bangladesh.

Mas haviam outros boatos por aí, surrurrando coisas sem nexo, fazendo com que a ansiedade aumentasse, a depressão surgisse, a resignação assumisse. Um deles, por exemplo, era um boato sem pé nem cabeça. Um monstro mutante surgido das trevas que falava em cortes orçamentários. Por alguns dias, ele dominou nossas vidas. Ficava gritando, praticamente, que não havia dinheiro, que o Brasil estava em crise, que é ano de eleição.

Esse boato, inclusive, era um tanto agressivo já que ignorava de forma arrogante um outro boato que já vivia por essas bandas há muito tempo. Esse antigo morador gosta de repetir uma palavra. Ele fica dizendo: setembro, setembro. Mais ou menos como o corvo de Poe, só que num tom menos sombrio.

Pois bem, depois de tantos encontros e desencontros, os boatos resolveram se unir, se casar e até tiveram um filho. O SHMBB, ou Super Hiper Mega Blaster Boato. Nasceu pesando pouco mais que cinco palavras e agora já é uma sentença completa. Tem até sujeito oculto e complemento nominal. Até o final do mês de abril, espera-se que tenha predicativo do sujeito, seja lá o que for isso.

Ele fala poucas palavras ainda, já que é apenas um bebê, mas todo mundo deve prestar atenção ao que os bebês têm a dizer.

Ele diz que o MRE quer chamar até setembro. Herdou isso do boato 6473. Diz também que o MRE quer criar novas vagas, mas pra isso precisa de orçamento. É o que dá a união dos cromossomos do boato Xr5939 com o boato Yt39o9.

Esse novo boato nem pode ser mais chamado de boato. Trata-se de uma verdade oficialmente verificada, mas não passível de confirmação oficial, sé que vocês me entendem.

Agora, eu diria que no mundo onde esse novo “boato” vive existe uma realidade alternativa, um universo paralelo. Nessa realidade paralela, o MRE vai ter as vagas necessárias assim que a MP for votada, e vai chamar os 75 até setembro, ou, na pior das hipóteses, até março do ano que vem.

Enquanto esse dia não chega, nos resta esperar, que é o que estamos fazendo desde o dia 8 de fevereiro de 2009.

Tags: , , ,

7 Responses for “Boatos se casam, e têm um filho”

  1. Damine says:

    Cansei de especular. Sei de dois fatos:
    1)) o MRE precisa de ofchans
    2 ) não tem dinheiro.

    Pensamento:
    What am i doing hre?!?!?

  2. Diego says:

    Cláudia,

    Admiro o seu otimismo, ainda que, com tanto banho de água fria, algumas vezes me soe meio Pollyana.

    Obrigado pelo trabalho incansável, mas procuremos esquecer e focar em outras coisas. Não há mais nada a ser feito. Abraços.

  3. claudia says:

    Diego, sinto muito que pra vc não tenha dado certo. Espero que vc tenha feito a escolha correta, desistindo do MRE. Mas esse meu otimismo tipo Pollyana não tem base em boatos, simplesmente.
    Eu só não posso sair por aí dizendo as coisas com certeza e apontando os nomes das pessoas que me deram as informações.

  4. claudia says:

    Que vergonha, só agora eu vi que não tinha aprovado o comentário ainda. Sorry, Damine!!! Mas respondendo seu comentário, dinheiro não é problema. Falta de vaga é que é 🙂

  5. mari says:

    75 cargos adicionais à carreira de Oficial de Chancelaria
    27/05/2010
    Por Janderlene Nogueira

    O Projeto de Lei de Crédito Suplementar e Especial (PLN 08/2010), de autoria do Poder Executivo, objetiva o acréscimo de 6.599 cargos. Para o Ministério das Relações Exteriores (MRE), foi contemplado um adicional de 75 cargos que deverão ser preenchidos por candidatos aprovados em concurso público para o cargo de Oficial de Chancelaria em 2009.

    A matéria será item de votação, para próxima semana, na Comissão Mista de Orçamento (CMO), cujo o relator, Deputado Virgílio Guimarães (PT/MG), já apresentou seu parecer pela aprovação e não foram apresentadas emendas ao PLN.

  6. Fernanda Montes says:

    Oi Cláudia, tudo bem? Tem muito tempo que eu não apareço por aqui, mas vejo que não tem muitas mudanças.
    Passei aqui pra dizer que estive em Brasília neste final de semana e cada vez que eu vou, sinto que não foi a última vez. Quem sabe não virei um dia para ficar definitivamente???
    Estive no Itamaraty no sábado… e como é lindo aquele lugar!!! Apaixonei!!
    Continuo firme nos estudos!
    Abraços e obrigada por todos os esclarecimentos.

  7. claudia says:

    Oi Fernanda

    Pois é, o blog anda parado, mas as coisas andam caminhando por aqui. No fim dessa semana vou postar mais coisas 🙂

Leave a Reply